Empreendedorismo · Inspiração

O que eu aprendi com o livro Vida Organizada

Em janeiro indo fazer uma viagem a trabalho, comprei o livro da Thais Godinho para tornar a experiência da viagem mais prazerosa. Sempre que vou viajar gosto de adquirir ou levar um livro, pois nunca sabemos se teremos que enfrentar imprevistos com horas de esperas não programadas.

Eu li o livro bem rapidinho, mas somente no feriado de Carnaval, resolvi listar os aprendizados e as preciosas dicas da Thais (para quem ainda não conhece a autora ela tem o blog Vida Organizada).

Separei um bloquinho de notas e fui escrevendo a punho os aprendizados, na qual terei agora o desafio de transformá-los em novos hábitos.

O livro até traz algumas dicas de organização para o dia-a-dia, mas tem uma proposta muito mais ampla, remetendo a nos fazer pensar sobre nosso propósito de vida, como também nos faz refletir sobre como podemos estar perdendo tempo e energia com coisas circunstanciais e desvinculadas com nossas intenções.

Sabe aquela sensação que ás vezes “estamos sobrevivendo”, ao invés de aproveitar o que a vida tem de bom a nos oferecer? Pois bem, as abordagens do livro irão contribuir muito neste sentido.

Abaixo separei valiosas inspirações:

  • Faça um mapa mental das suas atividades: quais projetos/áreas da vida que hoje estão sob sua responsabilidade, ou: o que você quer ter a oportunidade de desenvolver ou vivenciar?

Algumas atividades são constituídas essencialmente e não temos como dispensar nosso foco e atenção, exemplo: família, trabalho, relacionamentos, casa, carreira etc. Outras estão ligadas com nossos planos ou ideário de vida: fazer uma reeducação alimentar, viver novas experiências, ter tempo para entretenimentos com amigos, fazer gestão das finanças, cuidar da mente e espírito etc. Ao definir este mapa mental, é uma forma de estabelecer um filtro para nossas decisões, evitando agirmos aleatoriamente a qualquer oportunidade/estímulo;

foto135
Olha que frase bíblica bacana para ilustrar o mapa mental: “Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém” (Cor 6, 12) – dita pelo apóstolo São Paulo
  • Ao definir seu mapa mental e áreas de foco, defina objetivos de curto, médio e longo prazo. Exemplo: Finanças: curto prazo: ter uma ferramenta que permita fazer controle das entradas e saídas; médio prazo: conseguir poupar 40% dos rendimentos por mês, longo prazo: investir na compra de um novo imóvel;
  • Transforme cada um destes projetos em pequenos planos de ação que serão desmembrados e colocados em prática no dia-a-dia. Atividades que possuem data marcada devem ir para a agenda com a finalidade de não perder prazos. Já as demais atividades devem ser processadas, analisando as prioridades e coerência para que as coisas ganhem significado/soluções e venham de fato serem realizadas.
foto137
Algumas pessoas ao invés de fazerem um mapa mental, fazem um dream board, usando imagens que ajudem a identificar seus projetos pessoais
  • O livro também propõe momentos de auto-conhecimento: quais nossas motivações, benefícios e recompensas? A finalidade é eliminar da rotina tudo aquilo que nada agrega. Já imaginou quantas coisas temos em nossa vida que somente sugam nossa energia: objetos, roupas, papéis, tralhas (pessoas também entram nesta lista!) etc. Um dos primeiros passos de uma vida organizada é aplicar um detox geral!

foto139

  • Organizar não é criar hábitos metódicos e sistemáticos, muito pelo contrário é simplificar tudo que existe na sua casa, no trabalho, nos relacionamentos etc.
  • O mal do mundo que vivemos hoje é o excesso de informações. Se não soubermos filtrar o que é relevante, seremos vítimas das doenças que acometem a saúde da nossa mente. O mapa mental irá te ajudar a definir as prioridades. A vida exige escolhas e não dá para querer ler dois livros por mês, manter uma atividade física regrada e ter mais de um emprego. A autora recomenda fortemente: Conheça e imponha seus limites, acima de tudo!
foto140
Haja post-it para anotar tantas coisas a fazer!
  • Os capítulos também nos inspiram a transformar nossa rotina em algo saudável e equilibrado. É aquela velha história: não espere a sexta-feira ou as férias para ser feliz. Nosso desafio é encontrar momentos de contentamento no meio de nossa rotina. Exemplo: quando eu vou viajar, mesmo que a trabalho, vejo o momento como uma oportunidade de ouvir música, que é algo que me promove alegria.
  • Traz também para nossa reflexão a importância do ser, no sentido de sentir-se grato pela vida e pelas coisas que conquistamos, ao invés de quer viver uma vida baseada no ter. Não se trata-se de incentivar um estilo de vida minimalista, mas talvez despertar um ponto de vista para uma vida mais simplificada.

foto141

  • O livro ainda aborda dicas práticas de como lidar com papéis, agenda e e-mail, tarefas da casa etc. Aqui o grande desafio é criar um sistema de organização confiável para administrar todas as demandas e manter a tranquilidade. Temos o hábito de em alguns momentos focar no urgente e não priorizar o que é importante. Momentos de stress e ansiedade nos fazem romper com nossa disciplina de organização e acabamos nos tornando vulneráveis a falhas que podem comprometer a qualidade do nosso trabalho. As urgências nos fazem realizar tarefas robotizadas, provocam nosso esgotamento mental e perdemos com isto nosso foco de atenção.

foto136
Eu sou apaixonada por este blog: Meu Reino de Papel da Fernanda! Tem fotos inspiradoras de agendas e planners para quem (como eu), ainda não conseguiu abrir mão da velha agenda de papel.
  • A melhor forma de eliminar a procrastinação das tarefas é simplificando nossas atitudes. Precisamos inicialmente reconhecer os problemas, identificar soluções (o que de fato precisa ser feito), planejar as ações e partir para a execução.

Se identificou com alguma abordagem? Eu confesso que nesta área serei uma eterna aprendiz! Desejo uma semana bem produtiva a todos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s